segunda-feira, 31 de maio de 2010

Histórias de acordar

A campanha publicitária já não é nada nova mas mantem-se sempre actual.


Dezenas de crianças intoxicam-se todos os dias! Em 2007, o CIAV - Centro de Informação Anti-Venenos registou mais de 10 mil casos de intoxicação com crianças, sendo que mais de 65% envolveram crianças dos 1 aos 4 anos.


Para reduzir estes números, a APSI e o INEM lançaram no dia 13 de Novembro de 2008, uma Campanha de Prevenção das Intoxicações em Crianças. É urgente alertar os pais, avós, educadores e profissionais de saúde para as medidas de prevenção das intoxicações.



Uma campanha muito interessante da Associação para a Promoção da Segurança Infantil que criou uma série de pequenos contos que pretendem ajudar crianças, e adultos, a perceber os perigos que podem ser alguns dos produtos que mantemos nas nossas casas quando caem nas mãos erradas.


As imagens tipo "anita" lembram-os os nossos livros infantis, onde todas as histórias acabavam bem mas onde também havia uma moral da história, aqui a história não acaba bem mas a moral está claramente á vista.

É a típica publicidade a que costumo chamar "estalo-na-cara-para-ver-se-aprendes".

Por vezes é preciso ouvir uma história para acordar!

2 comentários:

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Infelizmente é frequente acontecer e basta um pequeno descuido.

Há algum tempo atrás vi uma reportagem sobre crianças que sofreram acidentes deste género e sobreviveram... incrível como a suas vidas nunca mais foram nem serão as mesmas. As sequelas são britais...

Acredito que este tipo de reportagens com crianças que sofreram este tipo de acidentes chamam muito mais à atenção que as campanhas publicitárias. Ver a realidade do dia a dia de crianças que não conseguem comer sozinhas, que ficaram com lesões cerebrais, etc...

mãe rã disse...

È verdade, este tipo de acontecimentos deixam sequelas terriveis que alteram completamente as vidas de todos numa família.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails